sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Não machuca.

Dói.
Mas a parte boa compensa. É bom pensar em quantos dias faltam para te ver novamente, embora seja dolorido não saber quantos são esses dias.
É bom demais receber um SMS, uma mensagem, um e-mail, mas dói não poder olhar nos seus olhos quando estou triste.
Ter apenas alguns dias para te abraçar, poder dormir em seu peito, poder aproveitar.
Dói.
Ir te buscar na rodoviária, comprar passagens, dar um abraço apertado como se fosse aquele primeiro.
É a melhor coisa que eu poderia pedir na vida.
E eu não deixaria isso, toda a minha felicidade, por nada, nem por ninguém.

Ocorreu um erro neste gadget

A TOCA;

Criação do Layout por
Fabricio Leal
leal_fabricio18@hotmail.com