quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Sweet.


”Ela adorava acordar sentindo o corpo quente e pesado dele todo encostado no seu, adormecido a seu lado, a mão dele descansando de leve em sua barriga, o cheiro dele impregnando aos poucos o quarto, os lençóis, as toalhas. Ele estava lá, com a mesma presença tão vívida que ela o sentia em cada nervo”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

A TOCA;

Criação do Layout por
Fabricio Leal
leal_fabricio18@hotmail.com