sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Relatividade


Bom amor, vc pediu uma postagem. Não to tao criativo assim hoje, sorry :p
E no fim, ficou tudo confuso. Entendam, hoje é sexta.

Bom, a relatividade é sempre presente em nossa vida. O tempo mesmo, afff... ooh coisa pra ser relativa. Às vezes se arrasta, com pesados pesos nos pés, outras, voa como potente avião. O mesmo dia, carrega em si, diversas concepções de tempo. Você chega em casa do trabalho e fala: ‘putz, o dia não passava hoje’ e a sua mãe fala que o dia voou.
Quando você está com quem você gosta, o tempo parece voar. E quando se está fazendo algo bom, fricofricando e talz... Meu Deus, o tempo escoa igual areia de mãos abertas.
A relatividade do tempo, que trago aqui, nesta postagem de blog alheio (juro que ela pediu, rs), se refere a fatos que passamos juntos. Imaginemos coisas de quinze minutos – andar a Paulista toda, à pé, em quinze minutos seria algo pra se exclamar ‘que rápido; Araras a São Paulo então, gzuz (juro que ia gostar muito). E fricofricar quinze minutos? Aloca. Tem como? Of course... É só ter um pouquinho de fogo, uma estação fricofriquenta e alguém. Combinação perfeita.
Fica a dica.
Beijomeliga e até mais. Beijos, amor {f/a}.

2 comentários:

  1. ta mara duda( seus textos são mara) e nem ficou confuso po ^^

    ResponderExcluir
  2. Uhha. Eu que escrevi ache confuso. Mass aeee; valeu.
    Créditos by Jai.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget

A TOCA;

Criação do Layout por
Fabricio Leal
leal_fabricio18@hotmail.com