segunda-feira, 22 de março de 2010

De qualquer forma

Sabe mãe, você pode dizer pra sempre o quanto eu te deixo brava, nervosa. O quanto eu fui idiota ou fui errada. Mas você jamais vai poder dizer nada sobre a minha tristeza, porque é algo que não dá pra medir. Nós vivemos tristes. Nós convivemos bem, de alguma forma, mas vivemos tristes, cada uma na sua. E você não pode falar sobre a minha tristeza, infinita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

A TOCA;

Criação do Layout por
Fabricio Leal
leal_fabricio18@hotmail.com